Destaques


33075207_2196294633715831_1407497105437622272_n[1]

Palestra “Entender Autismo”

A Associação Vencer Autismo estará em Cascais para a realização da palestra “Entender Autismo”. A organização desta palestra conta com a colaboração da Câmara Municipal de Cascais. A palestra é gratuita e aberta ao público, mas dirige-se a estudantes, profissionais e pais de crianças com perturbação do espectro do autismo. Se os participantes quiserem podem solicitar um Certificado

32290669_1692715410782194_7127622034439274496_n[2]

Empregar para Incluir

A CERCICA em conjunto com o Centro de Emprego de Cascais, abriram em Dezembro de 2015, o Gabinete de Inserção Profissional Inclusivo (GIP), com o objetivo de apoiar as pessoas com deficiência na integração no mercado de trabalho. De forma a dar destaque e sensibilizar a comunidade empresarial para esta temática, decorrerá no dia 25 de Maio, às

31542650_10156364653502938_6828149327987212288_n[1]

Evento de convívio da Associação Salvador cheio de aventura e emoção

A Associação Salvador está a organizar um evento no Parque Raró, em Vila do Conde, um parque aventura adaptado e acessível a pessoas com deficiência. Dia 9 junho, das 10h às 17h, haverá arborismo em percurso acessível, slide e escalada, visita ao borboletário e um belíssimo pic-nic!!! O prazo de inscrição é até 28 maio

Catálogo

Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais

“O que fazemos”

Este espaço visa divulgar e potenciar o reconhecimento das capacidades dos clientes que frequentam a resposta de Centro de Atividades Ocupacionais das instituições parceiras:  Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais, Centro de Reabilitação e Integração de Deficientes, Centro de Atividades Ocupacionais – Casa do Sol (Santa Casa da Misericórdia de Cascais – Centro

Toma Lá

Esta marca de design social surgiu da necessidade sentida por algumas instituições, sem fins lucrativos, do Concelho de Cascais, que integram a Comissão para a Pessoa com Deficiência do Concelho de Cascais (CPD) de qualificar os seus recursos e os produtos desenvolvidos no contexto dos Centros de Atividades Ocupacionais e Fórum Sócio Ocupacional (CAO e FSO), dirigidos a pessoas adultas com deficiência física, mental e/ou doença mental.

Esta qualificação quer de recursos, quer de produtos deu-se através de um projeto desenvolvido junto das instituições por uma especialista em design social (Susana António).

Assim os produtos produzidos, peças originais e únicas, adquirem um novo valor e reconhecimento no mercado, espelhando uma imagem dignificante dos produtos que os públicos vulneráveis produzem.

wb_top_accessHome