Fashion

I Encontro “Violência Doméstica – Um olhar sobre agressores”

Nos dias 23 e 24 de maio, no Auditório Maria de Jesus Barroso, Casa das Histórias Paula Rego, o Fórum Municipal de Cascais Contra a Violência Doméstica irá promover o I Encontro “Violência doméstica – um olhar sobre agressores” destinado aos profissionais das áreas da saúde, educação, serviço social, investigação científica, justiça e comunicação social.

Este Encontro visa realçar a importância da atuação junto de pessoas agressoras, no sentido de garantir uma atuação mais ampla, precoce, preventiva e eficaz no combate à violência doméstica.

Tem como objetivo divulgar boas práticas nacionais e internacionais e partilhar várias metodologias de intervenção junto de pessoas agressoras, e respetivos resultados, nomeadamente, as utilizadas nos Programas Contigo Açores e Cascais, bem como no Programa Nacional para Agressores de Violência Doméstica (PAVD).

Em Cascais, o Programa Contigo encontra-se em funcionamento desde 2010, podendo a sua frequência resultar de um processo judicial ou da iniciativa da própria pessoa agressora. Pretende promover a mudança do comportamento violento e o reconhecimento das consequências deste para si e para os outros, através da aprendizagem de estratégias alternativas, tendo em vista diminuir a reincidência e prevenir a (re)vitimação do cônjuge, filhos e/ou outros familiares.

Este Encontro pretende ser um espaço de partilha da visão dos diversos atores sobre a prevenção de comportamentos violentos, o trabalho com agressores/as e de reflexão sobre novas formas de o desenvolver, articuladamente e em complementaridade. Contará com a participação de oradores das diversas áreas de intervenção.

A sua realização resulta do trabalho do grupo constituído por A Barragem – Fundação Portuguesa para o Estudo, Prevenção e Tratamento das Dependências, ACESDGRSP: Equipa Penal 4, GNRHELPO, Hospital de Cascais e PSP, no âmbito da intervenção ao nível da formação e qualificação de profissionais do FMCVD.

Consulte AQUI o programa

Para aceder à ficha de inscrição, por favor, clique AQUI

CPDI Encontro “Violência Doméstica – Um olhar sobre agressores”
read more

Paragens de Caminhadas em Cascais

Desde Abril Cascais dispõe de 9 paragens de caminhadas. Estas paragens são o ponto de partida para uma caminhada agradável pelo concelho em boa companhia.

Em cada paragem existe um condutor responsável pelo percurso nos horários e dias identificados para a caminhada e todos são bem vindos e podem participar.

Os percursos são para todas as idades, porque têm um grau de dificuldade fácil.

As caminhadas estão associadas à APP City Points Cascais, pelo que quem participa, no final recebe pontos.

As caminhadas são um  ótimo exercício físico, contribuindo para combater o sedentarismo e as doenças crónicas que lhe estão associadas. As caminhadas constituem também um excelente momento de convívio entre os participantes.

As caminhadas são uma iniciativa do Fórum Concelhio para a Promoção da Saúde no contexto da execução da Estratégia Local de Promoção da Saúde 2016/2020

Calendário:

  • Alcabideche 

2ªfeiras às 18h30| Paragem de caminhada na Associação Humanitária de Bombeiros de Alcabideche

4ªfeiras às 09h00| Paragem de caminhada na Associação de Bem Estar Social de Alcabideche

  • Cascais| Estoril

São João do Estoril| 3ª feiras às 18h00 e 5ª feiras às 09h00 – Paragem de caminhada na praia da Poça

Cascais| Sábados às 09h30 – Paragem de caminhada Mercado da Vila em Cascais

  • Carcavelos| Parede

Carcavelos| 2ªfeiras e 4ªfeiras às 18h15 (horário de verão) 17h15(horário de inverno) – Paragem de Caminhada Unidade de Saúde Familiar de Carcavelos

Rebelva| Sábados às 09h30 – Paragem de caminhada no Parque Quinta da Alagoa

  • São Domingos de Rana

Tires|2ª-feiras às 09h30 – Paragem de caminhada Praça Fernando Lopes Graça

Abóboda| 4ª-feiras às 18h30 – Paragem de caminhada Largo do Chafariz

Outeiro de Polima| 5ªfeiras às 18h30 – Paragem de caminhada Parque Urbano Outeiro de Polima

PARTICIPE!

Para mais informações contacte:

214 815 511 / 214 653 078

academia.saude@cm-cascais.pt 

CPDParagens de Caminhadas em Cascais
read more

Torneio de Natação Cercica

Decorreu no dia 18 de março, na piscina da Cercica, o 6° Torneio da Cercica – CPD, organizado pela CerMov, no âmbito do Grupo de Desporto da Comissão para a Pessoa Deficiência de Cascais.

Participaram 28 atletas de 4 instituições: APPACDM, ARIA, CRID e Cercica.

Foi mais uma atividade cheia de boa disposição, convívio e de saudável competição!

IMG-20190318-WA0045IMG-20190318-WA0046IMG-20190318-WA0048IMG-20190318-WA0050IMG-20190318-WA0052IMG-20190318-WA0054IMG-20190318-WA0056IMG-20190318-WA0058IMG-20190318-WA0059IMG-20190318-WA0063IMG-20190318-WA0067IMG-20190318-WA0071IMG-20190318-WA0072IMG-20190318-WA0073

CPDTorneio de Natação Cercica
read more

Divulgação de Vagas: Fórum de Apoio Social (FAS) e Fórum Sócio-Ocupacional de Cascais

A ARIA – Associação de Reabilitação e Integração Ajuda tem vagas disponíveis nos programas do Fórum de Apoio Social – FAS, sito no Restelo, em Lisboa e do Fórum Sócio-Ocupacional de Cascais, sito em Pau Gordo, Alcabideche.

 Estas respostas sociais desenvolvem programas de reabilitação psicossocial para pessoas com problemas de saúde mental, cujas atividades têm como objetivo promover a sua autonomia, reforçar as suas capacidades e competências e promover a sua (re)integração social e profissional. (consulte aqui os programas de atividades de 2019)

Os serviços prestados têm como base o modelo da reabilitação psicossocial, partindo da premissa de que é possível apoiar a pessoa com doença mental a ultrapassar as limitações causadas pela sua doença, de forma a atingir um maior nível de autonomia e uma melhor qualidade de vida.

Condições de Admissão

  1. Ter residência legal e morada oficial;
  1. Ter autonomia mínima para a mobilidade na comunidade;
  1. Ter doença mental grave e incapacitante;
  1. Ter, preferencialmente, idade compreendida entre os 18 e os 50 anos, para o Fórum de Cascais/entre os 18 e os 65 anos, no caso do FAS;
  1. Encontrar-se clinicamente estável;
  1. Ter apoio terapêutico regular e aderir ao mesmo;
  1. Não consumir estupefacientes ou álcool há pelo menos 1 ano;
  1. Apresentar um comportamento pessoal e social adequado no contacto com os outros, de modo a viabilizar o trabalho em grupo;
  1. Estar motivado(a) para participar activamente no projecto de reabilitação psicossocial que inclua actividades individuais e de grupo;
  1. Ter elevado ou moderado grau de incapacidade psicossocial.

Encaminhamento

O encaminhamento deve ser realizado para este email (aria.gab.serv.social@gmail.com) ou aria.fas@gmail.com  ou aria.fso.cascais@gmail.com, através do envio da Ficha de Encaminhamento  preenchida (consulte aqui a ficha de encaminhamento), bem como de um Relatório do Médico Psiquiatra comprovando a doença mental, estabilidade clínica e parecer favorável para a sua integração nessas estruturas.

 Lembramos que, em alternativa à Ficha de Encaminhamento, a candidatura também pode ser realizada por escrito pela  família ou outra pessoa de referência (por exemplo, por carta ou email, com identificação do candidato e familiar, contactos e pedido), acompanhado do relatório atualizado do médico psiquiatra.

 Após a recepção da Ficha de Encaminhamento o/a candidato/a será convocado/a pela assistente social da equipa, para a realização da entrevista triagem de forma a iniciar o processo de avaliação/admissão na resposta social.

 

Para mais informações ou esclarecimentos:

Tlf. – 21 364 10 99 / 21 366 01 64

 

CPDDivulgação de Vagas: Fórum de Apoio Social (FAS) e Fórum Sócio-Ocupacional de Cascais
read more

Abril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude

“A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cascais (CPCJC), em parceria com a Câmara Municipal de Cascais e Juntas de Freguesia, associam-se à iniciativa do Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude (MPMTIJ), que decorrerá no mês de abril em todo o país.O símbolo associado a esta causa é o Laço Azul. Consulte aqui a História do Laço Azul

Pretende-se, mais uma vez, tornar visível o interesse comum e esforço conjunto das instituições do concelho relativamente ao problema dos maus-tratos na infância e juventude; informar e consciencializar a comunidade para o seu papel na prevenção dos maus-tratos e sempre num trabalho colaborativo.

Lançamos o convite:

-Participação no dia 3 de abril das 9h30 às 17h00m na Sessão de Abertura da Campanha “Abril 2019 – Quantos Queres de Afeto” no Auditório Nossa Senhora da Boa Nova, rua Campo Santo, 441 2765-307 Estoril

Inscrição através do link: https://goo.gl/forms/S555egV91GmbS6z83

-Desafio para que cada entidade construa um Laço Azul, a fim de ser exposto no exterior do edifício durante todo o mês de abril. (Sugestões: Medidas 1,50 cm X 0,50 cm), vamos despertar a consciência de todos os cidadãos!

-Participação na realização do Laço Humano Azul no dia 30 de abril. Pede-se que venham vestidos/as de azul (gratuito, mas sujeito a pré-inscrição). Os Laços Humanos Azuis serão realizados nos seguintes locais: 10h 00m – Parque da Quinta da Alagoa (Carcavelos –Parede) / 11h 15m – Parque do Bugio -Outeiro de Polima(S. Domingos de Rana)/14h 00m– Baía de Cascais (Cascais-Estoril /15h15m – Complexo Gimnodesportivo  (Alcabideche).

Estão convidadas todas as Entidades com Competência em Matéria de Infância e Juventude (ECMIJ) a associarem-se ao Mês de Prevenção dos Maus Tratos na Infância.”

Consulte aqui o programa  “Abril 2019 – Quantos Queres de Afeto” 

CPDAbril – Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude
read more

Abertura de candidaturas – Formação Continua

No âmbito da Medida de Qualificação de Pessoas com Deficiências e Incapacidades, a ARIA – Associação de Reabilitação e Integração Ajuda informa que estão abertas as candidaturas para as seguintes acções:

Curso

Modalidade

Duração

Data de Início

Data de Conclusão

Restauração – Serviço de Cozinha

Formação Contínua

400h

13/3/2019

25/6/2019

Restauração – Serviço de Mesas e Bar

Formação Contínua

400h

13/3/2019

25/6/2019

Jardinagem e Espaços Verdes

Formação Contínua

400h

13/3/2019

25/6/2019

 

Candidaturas:

Deverão ser feitas para o email aria.formacao@gmail.com, com o  preenchimento da Ficha de Encaminhamento

Destinatários:

·Ter, preferencialmente idade compreendida entre os 18 os 45 anos;

·Ter antecedentes de doença mental grave e crónica;

·Encontrar-se clinicamente estável;

·Ter apoio terapêutico regular e aderir ao mesmo;

·Não consumir estupefacientes ou álcool há pelo menos 1 ano;

·Apresentar um comportamento pessoal e social adequado no contacto com os outros, para que não se comprometa o trabalho em grupo;

·Estar motivado(a) para participar activamente no projecto de formação profissional, com vista à sua integração laboral;

·Possuir habilitações escolares mínimas de 4º ano de escolaridade;

·Estar inscrito no Centro de Emprego da sua área de residência como desempregado, preferencialmente há pelo menos 6 meses;

·Preferencialmente, com 6 meses seguidos ou interpolados, de descontos para a Segurança Social;

·Ser detentor de Comprovativo de deficiência/incapacidade:

Para poder realizar formação profissional no âmbito desta medida de financiamento, a pessoa tem de apresentar comprovativo de deficiência, podendo este assumir as seguintes formas:

– Atestado Médico de Incapacidade Multiusos, desde que o grau de incapacidade seja superior ou igual a 60%

– caso a pessoa não tenha atestado de incapacidade ou, tendo-o, se o grau for inferior a 60%, deve dirigir-se ao centro de emprego e solicitar encaminhamento para uma medida que se designa por “Centro de Recursos – IAOQE (Informação, Avaliação, Orientação para a Qualificação e o Emprego). Será depois convocado para uma avaliação num Centro de Recursos situado numa instituição (de acordo com a sua área de residência) e nesse contexto será validado se a pessoa possui ou não perfil para ser encaminhado para formação profissional no âmbito da Medida de Qualificação de Pessoas com deficiência e Incapacidade.

Horário:

·2.ª a 6.ª Feira

·Regime Laboral (9h-13H e 14H-16H)

Documentos a apresentar na altura da entrevista:

·Cartão de Cidadão;

·Relatório do Psiquiatra (comprovativo da doença psiquiatra e da estabilidade psíquica);

·Atestado Médico de Incapacidade de Multiusos (com grau de incapacidade igual ou superior a 60%) ou documento equivalente (IEFP/Centro de Recursos);

·Declaração do Centro de Emprego (comprovativo de inscrição como desempregado);

·Certificado de Habilitações;

·Declaração da Segurança Social a situação do beneficiário e com extracto de descontos para a Segurança Social.

 

CPDAbertura de candidaturas – Formação Continua
read more

Blog Os Cercicos

Os Cercicos é um blog criado pelos clientes da Cercica, Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadão Inadaptados de Cascais. Desenvolvem várias atividades para adquirir e melhorar competências profissionais e sociais. As atividades são desenvolvidas no Centro de Atividades Ocupacionais e no Centro de Formação Profissional.

Existem dois grupos de Autorrepresentantes:

  • um grupo de Autorrepresentantes do Centro de Atividades Ocupacionais
  • um grupo de Autorrepresentantes da Formação Profissionais

Estes grupos são responsáveis por serem os porta-vozes de todos os colegas e os representarem nos eventos públicos.

Visite o Blog Os Cercicos

CPDBlog Os Cercicos
read more

Ação Qualidade de Vida 2019 – Candidaturas até 15 de Março

A Ação Qualidade de Vida é um processo de candidaturas anual que atribui apoios diretos e pontuais a pessoas com deficiência motora e comprovada falta de recursos financeiros. Cada candidato pode inscrever-se para ser apoiado em uma área das quatro seguintes: Obras em Casa, Formação e Emprego, Criação do Próprio Negócio e Equipamentos desportivos.

“Muitas pessoas com deficiência motora não possuem os recursos financeiros necessários que lhes permitam ter uma vida com qualidade. Estas pessoas têm projetos de vida, objetivos e ambições que querem alcançar, mas vêem-se limitadas pela falta de meios.

A Associação Salvador recebe anualmente inúmeros pedidos de ajuda de pessoas com deficiência motora, e na impossibilidade de responder positivamente a todos, procura conhecer cada casa segundo critérios e requisitos previamente definidos.

Para ser possível dar uma resposta mais justa, e de acordo com a variedade de pedidos recebidos, a Associação Salvador criou, em 2008, a Ação Qualidade de Vida – processo de candidatura anual criado para atribuir apoios diretos e pontuais a pessoas com deficiência motora e comprovada falta de recursos financeiros”.

Se tem deficiência motora e necessita de apoios CANDIDATE-SE!

Para mais informações e acesso aos formulários de candidatura clique AQUI

Contatos: info@associacaosalvador.com  ou todas as sextas feiras através do número 21 116 58 63, das 9h30 às 17h30.

Salvador

CPDAção Qualidade de Vida 2019 – Candidaturas até 15 de Março
read more

Gripe

Tem Sintomas de Gripe?

Febre, dores de cabeça, tosse, dores musculares, falta de ar, entre outros.

Proteja-se! Siga a recomendações da Direção-Geral da Saúde| www.dgs.pt

1- Se tiver febre, pode tomar paracetamol (Não Dê ácido acetilsalicílico às crianças)

2 – Em caso de persistência dos sintomas de gripe, ligue sempre para a SNS 24 (808 24 24 24)

3- Em alternativa à deslocação ao Hospital, se o seu estado de saúde o permitir, deverá consultar primeiro o seu médico de família no seu horário habitual de consulta ou recorrer à sua unidade de saúde.

Aces de Cascais (Agrupamento de Centros de Saúde de Cascais) disponibiliza em todas as suas unidade atendimento de doença aguda ente as 08h00 e as 20h00, de 2ª a 6ªfeira. E aos sábados, entre as 09h00 e as 15h00, na unidade da Parede e entre as 09h00 e as 13h00 na unidade de Cascais.

Em período de contingência da gripe disponibiliza também, de 2ª a 6ª feira, um atendimento das 20h às 22 horas em São João do Estoril, Parede, Alcabideche, São Domingos de Rana e Cascais.

Recurso:

Gripe

CPDGripe
read more

“Crescer: primeiros anos, primeiros despertares”

No próximo dia 2 de Fevereiro de 2019 irá decorrer, no auditório do DNA Cascais, o Seminário “Crescer: primeiros anos, primeiros despertares”. As inscrições podem ser feitas ou canceladas até ao dia 25 de Janeiro.

“Os primeiros anos de vida são marcados por uma sucessão de primeiros despertares: o primeiro sorriso, o primeiro dente, a primeira palavra.

Cada um destes momentos é esperado com expectativa pelos pais e vivido com entusiasmo por toda a família. São também importantes marcos no desenvolvimento da criança, acompanhados e registados tanto na escola como na consulta de rotina.

Quando um destes primeiros despertares falha ou tarda em acontecer surge a preocupação. É normal ou pode ser sinal de que algo não está bem com a criança?

Porque o desenvolvimento é um processo dinâmico, marcado por avanços e recuos, nem sempre é fácil responder a esta questão. Neste seminário, uma equipa de profissionais de diversas especialidades irá abordar as várias áreas do desenvolvimento nos primeiros anos de vida.

Pensando nas famílias, nos educadores e nos profissionais de saúde os palestrantes irão identificar os sinais que mais frequentemente geram alerta, bem como explorar “o que podem significar” e “o que fazer” em cada situação.”

Consulte aqui o programa completo

Destinatários

Professores, pais, técnicos de saúde e de educação

Inscrições

Formulário 

As inscrições serão aceites por ordem de chegada e confirmadas após pagamento, dentro do número limite de participantes estabelecido.

Preço

30€

Local

DNA Cascais | R. Cruz de Popa, 2645-449 Cascais

CPD“Crescer: primeiros anos, primeiros despertares”
read more